Marvin Hamlisch (1944 – 2012)

Marvin Hamlisch (1944 – 2012)

Neste dia 07 de agosto de 2012, os amantes do cinema perdem mais um compositor de qualidade inquestionável: o norte-americano Marvin Hamlisch. Ele partiu cedo, aos 68 anos. Apesar de não ser muito conhecido pelo grande público como um John Williams, ganhou diversos prêmios da indústria: 3 Oscars (tendo sido indicado 12 vezes), 3 Globos de Ouro, além de 4 Emmys (de TV), 1 Tony (de teatro) e 4 Grammys (da música)

Iniciou sua carreira como compositor na década de 60 e tem em sua vasta filmografia títulos importantes como Bananas (1971), Kotch – Ainda há Fogo sob as Cinzas (1971), Sonhos do Passado (1973), 007 – O Espião que me Amava (1977), Gente Como a Gente (1980), A Escolha de Sofia (1982) e O Espelho tem Duas Faces (1996), totalizando mais de 40 filmes. Porém, ficou marcado na história pelas trilhas musicais de Nosso Amor de Ontem (1973) e Golpe de Mestre (1973). Felizmente, foi reconhecido com 3 Oscars pelos mesmos: Melhor Trilha Musical Original Dramática e Melhor Canção Original (pelo romance estrelado por Barbra Streisand) e Melhor Trilha Musical Original e/ou Adaptação (pelo vencedor do Oscar de Melhor Filme estrelado pela dupla Paul Newman e Robert Redford).

O marcante casal Barbra Streisand e Robert Redford de Nosso Amor de Ontem

Suas trilhas obedeciam à regra número 1 do cinema: não chamar atenção para si mesmas. Seus arranjos musicais complementavam a ação na tela, intensificando detalhes que o diretor pedia como um gesto da personagem. E, justamente por não ficar rotulado e preso a um estilo próprio, foi convidado a trabalhar em gêneros distintos como drama e comédia, além de criar uma parceria sólida com diretores renomados como Alan J. Pakula, Woody Allen e Steven Soderbergh, com quem fez seu último trabalho para cinema em O Desinformante! (2009), protagonizado por Matt Damon.

O anúncio de sua morte pegou de surpresa o cenário musical. Ele estava trabalhando num novo show da Broadway intitulado Gotta Dance, e também estava para ser anunciado como condutor da Orquestra de Filadélfia na semana seguinte. Pelas notícias, também teria combinado de conduzir a Filarmônica de Nova York na noite de ano novo.

Marvin Hamlisch se junta a uma ilustríssima galeria de grandes compositores de cinema formada por talentos natos como Elmer Bernstein, Jerry Goldsmith, John Barry, Maurice Jarre, Nino Rota, Henry Mancini e Alfred Newman. Apesar de hoje termos bons compositores, fica uma sensação de tristeza pela perda de um grande artista, que elevou a qualidade da música no cinema. Para o grande público do Brasil, infelizmente,  a música de Hamlisch pode ficar marcada como extremamente irritante pela longuíssima espera dos péssimos call centers (!).

Segue a trilha de Golpe de Mestre, que Hamlisch fez arranjo da música de Scott Joplin, e adotada pelos call centers e PABXs:

E também incluo de última hora o vídeo em que Marvin Hamlisch ganha 2 dos seus 3 Oscars. O primeiro prêmio é entregue pela encantadora dupla de Cantando na Chuva, Debbie Reynolds e Donald O’Connor, e o segundo pela inusitada dupla Henry Mancini e a atriz Cher (introduzidos pelo diretor John Huston). Reparem no modelito de Cher: faz parte da história do Oscar.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: