Dez finalistas para Melhores Efeitos Visuais no Oscar 2013

Scarlett Johansson e Jeremy Renner em meio a destroços reais e fundo composto digitalmente graças ao green screen de Os Vingadores (photo by beyondhollywood.com).

Depois da categoria de Melhor Animação ter peneirado algumas produções rumo às cinco cobiçadas vagas no Oscar 2013 (https://cinemaoscareafins.wordpress.com/2012/11/07/21-animacoes-inscritas-para-o-oscar-2013/), chegou a vez dos Melhores Efeitos Visuais. De tantas produções que usaram bem os efeitos digitais e práticos, restaram apenas dez que brigam para permanecer entre os finalistas que serão divulgados no dia 10 de janeiro de 2013.

Analisando os vencedores dos últimos cinco anos, a Academia criou esse costume de premiar filmes que apresentam um conjunto uniforme de efeitos, ou seja, que não oferecem apenas criaturas digitais, mas que combinem harmonicamente esses efeitos criados em computador com efeitos práticos feitos no set de filmagem. A Invenção de Hugo Cabret e A Origem, vencedores nessa categoria, tiveram uma equipe que soube aliar perfeitamente o real com o digital, obedecendo aquela máxima: “Efeito bom é aquele que nem se percebe”, daquele que o espectador se pergunta: “Como eles fizeram isso?”.

Vale ressaltar que a categoria de Melhores Efeitos Visuais abrange efeitos digitais, mas também efeitos especiais como as explosões realizadas em set de filmagem, tiros e sangue, miniaturas de prédios e construções, entre outros.

Apesar de termos mais um filme de Peter Jackson com hobbits, não existe necessariamente um favorito este ano. Mas alguns efeitos saem na frente como o próprio O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e Os Vingadores pelo estrondoso sucesso de bilheteria.

Coincidência ou não, as outras duas vagas podem ser preenchidas por outros dois sucessos comerciais: o reboot O Espetacular Homem-Aranha e 007 – Operação Skyfall, cujo burburinho vem crescendo na temporada de premiação comemorando os 50 anos do agente secreto James Bond, e conta ainda com um dos papas dos efeitos práticos: Chris Corbould.

O novo filme de Ang Lee, As Aventuras de Pi, depende bastante dos efeitos visuais, mas ao ver o trailer, confesso que não gostei muito do resultado pelo tipo mais fantasioso do efeito. Espero que o filme em si seja melhor e prove os valores dos efeitos digitais.

Cena de As Aventuras de Pi. Aspecto visual é destaque do novo filme de Ang Lee. (photo by beyondhollywood.com)

Segue a lista com os 10 filmes finalistas:

– 007 – Operação Skyfall (Skyfall)

– As Aventuras de Pi (Life of Pi)

– Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (The Dark Knight Rises)

– Branca de Neve e o Caçador (Snow White and the Huntsman)

– O Espetacular Homem-Aranha (The Amazing Spider-Man)

– John Carter (John Carter)

– O Hobbit: Uma Jornada Inesperada (The Hobbit: An Unexpected Journey)

– Prometheus (Prometheus)

– A Viagem (Cloud Atlas)

– Os Vingadores (The Avengers)

 

Os membros da comissão de Efeitos Visuais da Academia terão a oportunidade de ver trechos de 10 minutos de duração dos concorrentes no dia 03 de janeiro, e então votar nos cinco indicados da categoria.

A cerimônia da 85ª edição do Oscar será transmitida no dia 24 de fevereiro de 2013.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: