‘La La Land’ é eleito o Melhor Filme no NYFCC 2016

la-la-land-mit-ryan-gosling-und-emma-stone

Ryan Gosling e Emma Stone em cena do musical vencedor do NYFCC, La La Land. Pic by moviepilot.de

DEPOIS DE LIDERAR O CRITICS’ CHOICE, MUSICAL DE DAMIEN CHAZELLE CONQUISTA CRÍTICOS NOVA-IORQUINOS

Quem disse que o musical está morto? Quando bem feito, o gênero tem esse poder de conquistar a crítica e o público, tanto que por onde passou, La La Land tem sido aplaudido de pé.

Apesar da vitória maior de La La Land, foram os dramas Manchester à Beira-Mar e Moonlight que saíram com o maior número de prêmios. Pelo primeiro filme, os atores Casey Affleck e Michelle Williams faturaram Melhor Ator e Atriz Coadjuvante, enquanto seu diretor Kenneth Lonergan ficou com Roteiro.

manchester-by-the-sea-michelle-williams-casey-affleck

Cena entre Michelle Williams e Casey Affleck no drama de Kenneth Lonergan, Manchester à Beira-Mar (pic by cine.gr)

Moonlight conquistou o prêmio de Direção para Barry Jenkins (o segundo depois do National Board of Review), Ator Coadjuvante para Mahershala Ali, e Fotografia para James Laxton.

Ao ser reconhecida melhor Atriz, a francesa Isabelle Huppert pode ser uma possível indicada estrangeira que a Academia preza tanto na competição. Ela levou o prêmio pelas performances em Elle e O Que Está por Vir. Seria ótimo ver Huppert, uma das melhores atrizes européias da atualidade, indicada ao Oscar, mesmo que perdendo pra alguma atriz americana.

elle-mit-isabelle-huppert

Isabelle Huppert em cena de Elle, de Paul Verhoeven. Pic by moviepilot.de

A produção alemã Toni Erdmann venceu como Melhor Filme em Língua Estrangeira e fortalece ainda mais sua campanha. Até o momento, apenas o filme iraniano O Apartamento tem ameaçado seu reinado.

toni-erdmann-mit-sandra-huller-und-peter-simonischek

Peter Simonischek e Sandra Huller em cena do longa alemão Toni Erdmann, de Maren Ade (pic by moviepilot.de)

Pela categoria de animação, o longa da Disney, Zootopia, conquistou os críticos de NY, podendo fazer frente ao favorito Kubo e as Cordas Mágicas.

No ano passado, o círculo de críticos de Nova York elegeu o romance Carol, de Todd Haynes, como o melhor do ano, mas falhou em conseguir indicação a Melhor Filme e ainda saiu sem estatuetas do Oscar.

VENCEDORES DO NYFCC 2016:

MELHOR FILME
La La Land: Cantando Estações (La La Land)

MELHOR DIRETOR
Barry Jenkins (Moonlight)

MELHOR ATOR
Casey Affleck (Manchester à Beira-Mar)

MELHOR ATRIZ
Isabelle Huppert (Elle) (Things to Come)

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali (Moonlight)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Michelle Williams (Manchester à Beira-Mar) (Certain Women)

MELHOR ROTEIRO
Kenneth Lonergan (Manchester à Beira-Mar)

MELHOR FOTOGRAFIA
James Laxton (Moonlight)

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO
Zootopia

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
Toni Erdmann, de Maren Ade (Alemanha)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
O.J.: Made in America

MELHOR FILME DE ESTRÉIA
The Edge of Seventeen, de Kelly Fremon Craig
Krisha, de Trey Edward Shults

PRÊMIO ESPECIAL
Thelma Schoonmaker
pela montagem de clássicos de Martin Scorsese
Julie Dash
pela restauração de 25 anos do filme Daughters of the Dust (1991)

the-edge-of-seventeen-haille-steinfeld

Melhor Filme de Estréia da diretora Kelly Fremon Craig, The Edge of Seventeen, estrelado por Hailee Steinfeld. Filme vem sendo comparado aos clássicos da juventude de John Hughes. Pic by cine.gr

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: