TRÊS PRODUÇÕES ESTRANGEIRAS são INDICADAS ao EDDIE AWARDS

Design sem nome (10)

Da esquerda à direita: Parasita, The Farewell e Perdi Meu Corpo entre os indicados ao Eddie

FAVORITOS DA TEMPORADA MARCAM PRESENÇA NO SINDICATO DE MONTADORES

Assim como nos outros prêmios, o do sindicato de montadores também sofreu um pouco para fazer sua seleção numa safra acima da média como foi de 2019. Os franco-favoritos da temporada estão na lista: O Irlandês, História de um Casamento, Parasita e Era uma Vez em… Hollywood, divididos em categorias de drama e de comédia

Apesar das duas categorias, dois trabalhos de montagem ausentes aqui pedem passagem para o Oscar: Uncut Gems e 1917. Enquanto o primeiro apresenta um frescor moderno que tem conquistado a crítica (foi indicado ao Independent Spirit e ao Critics’ Choice), o segundo pertence ao gênero Guerra, que costuma vencer o Oscar de tempos em tempos como Até o Último Homem em 2017. No caso de 1917, contudo, pode acontecer o mesmo que Birdman em 2015, quando foi esnobado por ter uma narrativa de plano sequência, ou seja, aparentemente sem cortes.

Design sem nome (11).jpg

DRAMA: Parasita, O Irlandês, História de um Casamento, Coringa e Ford vs Ferrari

Entre os indicados de Drama, nossa montagem favorita é de Parasita, por mesclar brilhantemente os gêneros drama, terror e comédia sem chamar tanta atenção e manter um equilíbrio formidável. Também destacamos o árduo trabalho da edição da veterana Thelma Schoonmaker, que transformou 3 horas e meia de filme num épico pouco cansativo em O Irlandês.

Já na categoria de Comédia, ainda não conferimos Jojo Rabbit, mas destacamos a edição de Entre Facas e Segredos por dar conta de tantos personagens e manter o mistério no ar. E mais um adendo talvez polêmico: sentimos muita falta do talento incomparável de Sally Menke, ex-colaboradora assídua de Tarantino. Ela foi responsável pela dinâmica das montagens de Cães de Aluguel, Pulp Fiction, Jackie Brown, Kill Bill e Bastardos Inglórios. Depois que ela faleceu em 2010, Fred Raskin assumiu o posto e a montagem dos filmes de Tarantino sofreram uma drástica mudança, especialmente em Os Oito Odiados. Embora muito se fale da aposentadoria iminente do diretor, talvez seja o caso de ele mudar de montador para o próximo (e talvez último) projeto…

Em relação ao histórico da Academia, embora seja uma categoria que costuma indicar o vencedor do Oscar de Melhor Filme, já faz 6 anos que a Academia não concede o Oscar de Montagem para o vencedor de Melhor Filme, desde Argo em 2013. E se analisarmos os últimos cinco anos, temos 3 acertos.

ANO EDDIE DRAMA EDDIE COMÉDIA OSCAR
2018 Bohemian Rhapsody A Favorita Bohemian Rhapsody
2017 Dunkirk Eu, Tonya Dunkirk
2016 A Chegada La La Land Até o Último Homem
2015 Mad Max A Grande Aposta Mad Max
2014 Boyhood O Grande Hotel Budapeste Whiplash

Historicamente, é a primeira vez em 70 anos que três produções em língua estrangeira são indicadas ao Eddie Awards, no caso, Parasita, The Farewell e Perdi Meu Corpo. Embora essa estatística não garanta nenhum prêmio, pelo menos indica que Hollywood está reconhecendo melhor a qualidade dos trabalhos fora de sua bolha.

Design sem nome (12).jpg

COMÉDIA: Entre Facas e Segredos, The Farewell, Era uma Vez em… Hollywood, Meu Nome é Dolemite e Jojo Rabbit

Pelas categorias televisivas, destaque para a série de espionagem Killing Eve, que teve a montagem de dois episódios reconhecida.

Seguem os indicados ao Eddie Awards:

MELHOR MONTAGEM (DRAMA):

  • Ford vs Ferrari
    Michael McCusker, Andrew Buckland
  • O Irlandês
    Thelma Schoonmaker
  • Coringa
    Jeff Groth
  • História de um Casamento
    Jennifer Lame
  • Parasita
    Jinmo Yang

MELHOR MONTAGEM (COMÉDIA):

  • Meu Nome é Dolemite
    Billy Fox
  • The Farewell
    Michael Taylor, Matthew Friedman
  • Jojo Rabbit
    Tom Eagles
  • Entre Facas e Segredos
    Bob Ducsay
  • Era uma Vez em… Hollywood
    Fred Raskin

MELHOR MONTAGEM (ANIMAÇÃO)

  • Frozen 2
    Jeff Draheim
  • Perdi Meu Corpo
    Benjamin Massoubre
  • Toy Story 4
    Axel Geddes

MELHOR MONTAGEM (DOCUMENTÁRIO)

  • American Factory
    Lindsay Utz
  • Apollo 11
    Todd Douglas Miller
  • Linda Ronstadt: The Sound of My Voice
    Jake Pushinsky, Heidi Scharfe
  • Making Waves: The Art of Cinematic Sound
    David J. Turner, Thomas G. Miller

MELHOR MONTAGEM (DOCUMENTÁRIO FEITO PARA TV)

  • Abducted in Plain Sight
    James Cude
  • Bathtubs Over Broadway
    Dava Whisenant
  • Leaving Neverland
    Jules Cornell
  • What’s My Name: Muhammad Ali
    Jake Pushinsky

MELHOR MONTAGEM SÉRIE DRAMÁTICA COM COMERCIAL

  • Chicago Med. Episódio: Never Going Back To Normal
    David J. Siegel
  • Killing Eve. Episódio: Desperate Times
    Dan Crinnion
  • Killing Eve. Episódio: Smell Ya Later
    Al Morrow
  • Mr. Robot. Episódio: Unauthorized
    Rosanne Tan

MELHOR MONTAGEM SÉRIE DRAMÁTICA SEM COMERCIAL

  • Euphoria. Episódio: Piloto
    Julio C. Perez IV
  • Game of Thrones. Episódio: The Long Night
    Tim Porter
  • Mindhunter. Episódio: Episode 2
    Kirk Baxter
  • Watchmen. Episódio: It’s Summer and We’re Running Out of Ice
    David Eisenberg

MELHOR MONTAGEM MINISSÉRIES OU FILME PARA TV

  • Chernobyl. Episódio: Vichnaya Pamyat
    Jinx Godfrey, Simon Smith
  • Fosse/Verdon. Episódio: Life is a Cabaret
    Tim Streeto
  • When They See Us. Episódio: Part 1
    Terilyn A. Shropshire

MELHOR MONTAGEM SÉRIES NÃO-ROTEIRIZADAS

  • “Deadliest Catch”: “Triple Jeopardy”
    Ben Bulatao, Rob Butler, Isaiah Camp, Greg Cornejo, Joe Mikan
  • “Surviving R. Kelly”: “All The Missing Girls”
    Stephanie Neroes, Sam Citron, LaRonda Morris, Rachel Cushing, Justin Goll, Masayoshi Matsuda, Kyle Schadt
  • “Vice Investigates”: “Amazon on Fire”
    Cameron Dennis, Kelly Kendrick, Joe Matoske, Ryo Ikegami
Design sem nome (13).jpg

ANIMAÇÃO: Toy Story 4, Perdi Meu Corpo e Frozen 2


A cerimônia acontece no dia 17 de Janeiro, quando serão revelados os vencedores.

‘STAR WARS’, ‘O REI LEÃO’, ‘VINGADORES’ e ‘O IRLANDÊS’ ESTÃO na PRÉ-LISTA para EFEITOS VISUAIS

Design sem nome (5).jpg

VINTE FILMES SE TORNAM ELEGÍVEIS PARA PASSAREM PARA A SHORTLIST DE DEZ

A comitê da divisão de Efeitos Visuais da Academia divulgou 20 produções elegíveis que disputarão as 5 vagas na categoria. Até o final do mês, haverá uma última shortlist com apenas dez filmes para que os votantes confiram os clipes dos efeitos antes de eleger os cinco finalistas.

  • Ad Astra: Rumo às Estrelas (Ad Astra)
  • The Aeronauts
  • Aladdin (Aladdin)
  • Alita: Anjo de Combate (Alita: Battle Angel)
  • Vingadores: Ultimato (Avengers: Endgame)
  • Capitã Marvel (Captain Marvel)
  • Cats
  • Dumbo (Dumbo)
  • Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw (Fast and Furious Presents: Hobbs & Shaw)
  • Ford vs Ferrari (Ford v Ferrari)
  • Projeto Gemini (Gemini Man)
  • O Irlandês (The Irishman)
  • Jumanji: Próxima Fase (Jumanji: The Next Level)
  • O Rei Leão (The Lion King)
  • MIB: Homens de Preto Internacional (Men in Black: International)
  • Midway – Batalha em Alto-Mar (Midway)
  • 1917
  • Homem-Aranha: Longe de Casa (Spider-Man: Far from Home)
  • Star Wars: A Ascensão Skywalker (Star Wars: The Rise of Skywalker)
  • O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (Terminator: Dark Fate)

Design sem nome (6).jpg

Apesar da categoria sempre ter suas cartas marcadas como a indicação de Star Wars (só indicam, nunca mais premiaram) e os filmes da Marvel (devem dar prioridade a Vingadores: Ultimato, mas não devem premiar também), os Efeitos Visuais deste ano foram marcados pelos efeitos de rejuvenescimento e envelhecimento em O Irlandês, Projeto Gemini, Capitã Marvel, e pode colocar Martin Scorsese contra a Marvel, depois dos comentários do cineasta que os filmes da Marvel não eram cinema.

Design sem nome (7).jpg

Embora esteja concorrendo com Dumbo e Aladdin, a Disney deve investir pesado na campanha de O Rei Leão para Efeitos Visuais, além de Canção Original, já que não se qualificou como Longa de Animação, e nem deve ser indicado a Melhor Filme.

Design sem nome (8).jpg

Para a última vaga, estamos na dúvida entre 1917 e Cats, mas como houve um gasto expressivo com os efeitos (que seriam uma combinação de efeitos digitais e efeitos práticos) na adaptação do musical, apostamos em Cats.

Design sem nome (9).jpg

Nos últimos anos, os vencedores do Oscar de Efeitos Visuais foram O Primeiro Homem, Blade Runner 2049, Mogli: O Menino LoboEx Machina, Interestelar, Gravidade, As Aventuras de Pi, A Invenção de Hugo Cabret, A Origem, Avatar e O Curioso Caso de Benjamin Button.

 

%d blogueiros gostam disto: