‘CORINGA’, ‘1917’ e ‘FORD vs FERRARI’ são INDICADOS ao ASC

Design sem nome

Era uma Vez em… Hollywood, Coringa, 1917, O Irlandês e Ford vs Ferrari indicados ao ASC

FRANCO-FAVORITO E VETERANO ROGER DEAKINS CONQUISTA SUA 16ª INDICAÇÃO

Nesta última sexta-feira, dia 03, o sindicato de Diretores de Fotografia anunciou seus indicados nas duas categorias de cinema para sua 34ª edição: Fotografia e Spotlight Award, um prêmio dedicado aos filmes com menos chances de projeção nos cinemas.

THEATRICAL RELEASE (Lançamento de Cinema)

  • Roger Deakins (1917)
  • Phedon Papamichael (Ford Vs Ferrari)
  • Rodrigo Prieto (O Irlandês)
  • Robert Richardson (Era uma Vez em… Hollywood)
  • Lawrence Sher (Coringa)

SPOTLIGHT AWARD

  • Jarin Blaschke (O Farol)
  • Natasha Braier (Honey Boy)
  • Jasper Wolf (Monos)

Na categoria principal, a 16ª indicação de Roger Deakins é a principal atração por seu trabalho no filme de guerra 1917, que foi filmado e editado para parecer um único take em tempo real. Vencedor de quatro prêmios ASC, o diretor de fotografia britânico deve receber sua 15ª indicação ao Oscar no próximo dia 13, e com ótimas chances de conquistar seu segundo Oscar.

Rodrigo Prieto por O Irlandês e Robert Richardson por Era uma Vez em… Hollywood devem confirmar suas indicações ao Oscar também pela ótima campanha que os filmes têm feito desde o ano passado. Aliás, se formos falar de campanha, a Disney tem feito de tudo para colocar Ford vs. Ferrari na temporada de premiações. Botou Christian Bale no Globo de Ouro e SAG, e agora no sindicato de Diretores de Fotografia. Não que a fotografia de Phedon Papamichael não seja merecedora de reconhecimento, mas talvez num ano mais competitivo na categoria, tenha ficado de fora.

Apesar dos elogios à fotografia dos anos 70 de Lawrence Sher em Coringa, havia uma expectativa de que a fotografia PB de O Farol com seu formato quadrado fosse emplacar uma indicação na categoria principal, contudo acabou parando na categoria Spotlight Award, concedida aos lançamentos menores. Já que a ASC costuma acertar 4 dos 5 indicados ao Oscar, é possível que Ford vs Ferrari ou Coringa cedam lugar para O Farol, cuja fotografia foi uma das mais comentadas e aclamadas de 2019.

Jarin Blaschke compete com Natasha Braier por Honey Boy (talvez a maior surpresa desta edição) e Jasper Wolf por Monos, o filme representante da Colômbia ao Oscar de Filme Internacional que acabou não se classificando para a pré-lista como muitos esperavam.

Seguem as estatísticas das últimas seis edições do ASC em relação ao Oscar de Fotografia:

ANO ASC CINEMA SPOTLIGHT OSCAR
2019 Łukasz Żal (Guerra Fria) Giorgi Shvelidze (Namme) Alfonso Cuarón (Roma)
2018 Roger Deakins (Blade Runner 2049) Mart Taniel (November) Roger Deakins (Blade Runner 2049)
2017 Greig Fraser (Lion: Uma Jornada Para Casa) Gorka Gómez Andreu (House of Others) Linus Sandgren (La La Land)
2016 Emmanuel Lubezki (O Regresso) Adam Arkapaw (Macbeth: Ambição e Guerra)
Mátyás Erdély (Filho de Saul)
Emmanuel Lubezki (O Regresso)
2015 Emmanuel Lubezki (Birdman) Peter Flinckenberg (Noite Decisiva) Emmanuel Lubezki (Birdman)
2014 Emmanuel Lubezki (Gravidade) Łukasz Żal, Ryszard Lenczewski (Ida) Emmanuel Lubezki (Gravidade)

Claro que quatro acertos em seis não é nada mau, porém o prêmio do ASC tem essa tradição de acertar bem os indicados, mas errar nos vencedores. Honestamente, num ano mediano para fotografia, Roger Deakins tem tudo para ser o cara no Oscar pela segunda vez. Não seria nenhum exagero, já que o homem tem 14 indicações ao Oscar e apenas uma estatueta.


 

A 34ª edição do Annual ASC Awards acontece no dia 25 de Janeiro, sábado.

 

%d blogueiros gostam disto: