ROMENO ‘BAD LUCK BANGING OR LOONY PORN’ VENCE o URSO DE OURO em BERLIM

COMÉDIA ROMENA SOBRE PRÉ-JULGAMENTO CONQUISTA JÚRI COMPOSTO POR VENCEDORES ANTERIORES

Nesta primeira edição online do Festival de Berlim, tivemos apenas 15 filmes selecionados oficialmente (normalmente são cerca de 18) e o júri foi composto exclusivamente por vencedores do Urso de Ouro. O maior destaque da seleção havia sido o novo filme da diretora francesa Céline Sciamma (conhecida mundialmente por Retrato de uma Jovem em Chamas), Petite Maman, mas curiosamente foi um dos poucos filmes que saiu do evento sem nenhum prêmio.

Talvez o fato do festival alemão ter um histórico de filmes mais políticos ou politizados tenha desfavorecido Sciamma, mas felizmente o júri tinha bom humor para reconhecer uma comédia romena com o Urso de Ouro. Bad Luck Banging or Loony Porn (que poderia ser traduzido livremente como ‘Azar na Transa ou Pornografia Maluca’) acompanha a professora Emi, que tem sua vida e carreira ameaçadas após um vídeo de sexo ter vazado na internet. Apesar da forte pressão da escola e dos pais dos alunos, ela se recusa a se render.

Pra quem conhece ou já viu um dos filmes do diretor Radu Jude (aliás, ele ganhou o prêmio de Direção em 2015 por Aferim!, que é ótimo), sabe que ele tem um senso de humor incomum, sutil e sofisticado. O júri defendeu sua escolha dizendo que o filme tem “a rara e essencial qualidade de uma obra duradoura. Ele captura na tela o próprio conteúdo e essência, a mente e o corpo, os valores e a carne crua de nosso presente momento. Deste exato momento da existência humana”. Obviamente, não vi o filme, mas vendo o trailer, é possível dizer que se trata de uma sátira sobre esse julgamento moral existente em redes sociais e na opinião pública que pode facilmente destruir uma vida. Segue link abaixo para o trailer em inglês:

Considerado o 2º lugar, o Grande Prêmio do Júri foi para o filme japonês Wheel of Fortune and Fantasy (traduzindo livremente “A Roda da Fortuna e da Fantasia”), que narra três histórias sobre amor centradas em personagens femininas. Em 2018, Asako I e II foi um dos meus filmes favoritos, então tenho expectativas para este novo trabalho de Ryusuke Hamaguchi. Com histórias delicadas e bem humoradas, o diretor trabalha como poucos o lado singelo e lúdico que merece mais reconhecimento.

O cinema sul-coreano de Hong Sang-soo foi novamente premiado. Embora o autor tenha se tornado uma figura carimbada em festivais internacionais nos últimos anos, sempre tem batido na trave quando se trata de prêmio máximo. Já venceu prêmio de Direção em Berlim, Un Certain Regard em Cannes e indicado na mostra Horizontes em Veneza, mas ainda está faltando aquele prêmio para consagrar sua carreira. Nesta edição de Berlim, seu filme Introduction levou o prêmio de Melhor Roteiro sobre um homem que viaja para a Alemanha para surpreender sua namorada.

Fugindo da tradição, o festival alterou as categorias de atuação. Ao invés de premiar atuações masculinas e femininas, o reconhecimento foi para personagem primário e secundário. Maren Eggert foi eleita a Melhor Atriz ao interpretar uma cientista que se submete a um experimento de conviver por três semanas com um robô humanóide para obter fundos para sua pesquisa na comédia I’m Your Man. Já como Coadjuvante, a jovem Lilla Kizlinger foi reconhecida pelo filme Forest – I See You Everywhere.

Vale lembrar que a 71ª edição de Berlim ainda não acabou. Entre 09 e 20 de Junho, o evento será presencial com público, ainda respeitando as normas sanitárias da pandemia.

Confira todos os vencedores do Festival de Berlim:

URSO DE OURO
Bad Luck Banging or Loony Porn
Dir: Radu Jude

GRANDE PRÊMIO DO JÚRI
Wheel of Fortune and Fantasy
Dir: Ryusuke Hamaguchi

PRÊMIO DO JÚRI
Mr Bachmann and His Class
Dir: Maria Speth

DIREÇÃO
Dénes Nagy (Natural Light)

ATUAÇÃO PRIMÁRIA
Maren Eggert (I’m Your Man)

ATUAÇÃO SECUNDÁRIA
Lilla Kizlinger (Forest – I See You Everywhere)

ROTEIRO
Hong Sangsoo (Introduction)

CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA
Yibrán Asuad pela montagem de A Cop Movie, de Alonso Ruizpalacios

MOSTRA PARALELA ENCONTROS

MELHOR FILME
We
Dir: Alice Diop

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
Taste
Dir: Lê Bảo

MELHOR DIREÇÃO
The Girl and the Spider
Dir: Ramon Zürcher, Silvan Zürcher


Social Hygiene
Dir: Denis Côté

MENÇÃO ESPECIAL
Rock Bottom Riser
Dir: Fern Silva

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: