39ª Mostra Internacional de Cinema de SP exibe possíveis candidatos ao Oscar 2016

Cartaz oficial da 39ª Mostra Internacional de SP composta por storyboard do próximo filmes do diretor Martin Scorsese, Silêncio. (photo by revistapreview.com)

Cartaz oficial da 39ª Mostra Internacional de SP composta por storyboard do próximo filmes do diretor Martin Scorsese, Silêncio. (photo by revistapreview.com)

MOSTRA DE CINEMA APRESENTA GRANDE MOSAICO DE FESTIVAIS INTERNACIONAIS

Todo mês de outubro é a mesma coisa. Aquelas filas extensas para comprar pacotes de filmes de 20, 40 e integral no Conjunto Nacional na Avenida Paulista, e depois mais filas para acompanhar os filmes mais badalados. A 39ª edição acontece entre os dia 22 de outubro a 04 de novembro, com direito a uns dias extras de repescagem de alguns títulos mais bem votados. Com a crise econômica, o número de produções exibidas reduziu um pouco para 312 títulos, mas que mesmo assim, abrange 62 países.

Para os aficcionados do cinema “oscarizável”, a Mostra tem em sua programação 15 representantes de países pré-selecionados para o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira, incluindo um dos grandes favoritos: o húngaro O Filho de Saul, sobre o Holocausto. Confira a lista dos 15 filmes:

Géza Rohrig é Saul, o prisioneiro húngaro do campo de concentração de Son of Saul, de László Nemes (photo by outnow.ch)

Géza Rohrig é Saul, o prisioneiro húngaro do campo de concentração de O Filho de Saul, de László Nemes (photo by outnow.ch)

  • Labirinto de Mentiras, de Giulio Ricciarelli – ALEMANHA
  • O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra – COLÔMBIA
  • Guerra, de Tobias Lindholm – DINAMARCA
  • Cordeiro, de Yared Zeleke – ETIÓPIA
  • O Esgrimista, de Klaus Härö – FINLÂNDIA
  • Ixcanul, de Jayro Bustamante – GUATEMALA
  • The Paradise Suite, de Joost van Ginkel – HOLANDA
  • O Filho de Saul, de László Nemes – HUNGRIA
  • A Ovelha Negra, de Grímur Hákonarson – ISLÂNDIA
  • Pai, de Visar Morina – KOSOVO
  • O Verão de Sangaile, de Alanté Kavaïté – LITUÂNIA
  • As Mil e uma Noites: Volume 2, O Desolado, de Miguel Gomes – PORTUGAL
  • Nômade Celestial, de Mirlan Abdykalykov – QUIRGUISTÃO
  • Aferim!, de Radu Jude – ROMÊNIA
  • Lo que Lleva el Río, de Mario Crespo – VENEZUELA

Além da categoria de estrangeiros, a Mostra tem em sua grade dois filmes que podem figurar na lista de indicações em janeiro. Aliança do Crime, de Scott Cooper, sobre um criminoso que se junta ao FBI, pode receber indicações até para Melhor Filme graças à força que Johnny Depp tem em Hollywood. Aliás, a grande chance que o filme tem é justamente na categoria de Melhor Ator, já que Depp está transformado com maquiagem e esta seria sua quarta indicação sem vitória.

À esquerda, Joel Edgerton atua com Johnny Depp em cena de Aliança do Crime (photo by cine.gr)

À esquerda, Joel Edgerton atua com Johnny Depp em cena de Aliança do Crime (photo by cine.gr)

E, em menor escala, a dramédia Mistress America, de Noah Baumbach, pode surpreender nas categorias de Melhor Roteiro Original e Melhor Atriz para Greta Gerwig. A jovem atriz conseguiu alavancar devido ao sucesso da parceria anterior com o diretor Baumbach (que também é seu namorado) no divertido Frances Ha (2012).

Mas obviamente, a Mostra é muito mais do que candidatos ao prêmio da Academia. Existem vários títulos premiados e selecionados de festivais prestigiados como Cannes, Berlim e Veneza. Abaixo, a lista de títulos presentes em cada um deles que está na Mostra:

FESTIVAL DE CANNES 2015

  • Dheepan – O Refúgio, de Jacques Audiard
    Vencedor da Palma de Ouro
  • O Filho de Saul, de László Nemes
    Vencedor do Grande Prêmio do Júri
  • Chronic, de Michel Franco
    Vencedor de Melhor Roteiro
  • Para o Outro Lado, de Kiyoshi Kurosawa
    Vencedor do Prêmio de Direção do Un Certain Regard
  • A Terra e a Sombra, de César Augusto Acevedo
    Vencedor do Camera D’Or
  • A Ovelha Negra, de Grímur Hákonarson
    Vencedor do Un Certain Regard
  • Paulina, de Santiago Mitre
    Vencedor do Critics Week
Cena de Dheepan, de Jacques Audiard (photo by cine.gr)

Cena de Dheepan, de Jacques Audiard (photo by cine.gr)

FESTIVAL DE VENEZA 2015

  • Desde Allá, de Lorenzo Vigas
    Vencedor do Leão de Ouro
  • Coração de Cachorro, de Laurie Anderson
    Vencedor do prêmio Lina Mangiacapre
  • Boi Neon, de Gabriel Mascaro
    Vencedor do Prêmio do Júri da Mostra Horizontes
Cena do documentário Coração de Cachorro, de Laurie Anderson (photo by cine.gr)

Cena do documentário Coração de Cachorro, de Laurie Anderson (photo by cine.gr)

FESTIVAL DE BERLIM 2015

  • Aferim!, de Radu Jude
    Vencedor do Urso de Prata de Melhor Diretor
  • Body, de Malgorzata Szumowska
    Vencedor do Urso de Prata de Melhor Diretor
  • O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán
    Vencedor de Melhor Roteiro
  • Ixcanul, de Jayro Bustamante
    Vencedor do prêmio Alfred Bauer
Cena de O Botão de Pérola, de (photo by cine.gr)

Cena de O Botão de Pérola, de Patricio Guzmán (photo by cine.gr)

Claro que muitos dos premiados nesses festivais estão ausentes, mas alguns se deve à imposição das próprias distribuidoras que almejam destaque maior em circuito comercial como Carol, de Todd Haynes, e Sicario: Terra de Ninguém, de Denis Villeneuve.

Vale ressaltar que a Mostra contará com homenagens ao mestre italiano Mario Monicelli ao projetar os seus filmes Filhas do Desejo, Os Eternos Desconhecidos, A Grande Guerra, Ladrão Apaixonado e Casanova 70; e ao brasileiro José Mojica Marins, o Zé do Caixão, com a exibição de seus clássicos À Meia-Noite Levarei sua Alma, Encarnação do Demônio e O Desperar da Besta.

E o bacana desse evento é poder ver ou rever pérolas clássicas nas sessões especiais. Este ano, teremos a sessão de O Inquilino (1926), filme mudo de Alfred Hitchcock; da última comédia romântica muda de Mary Pickford, Meu Único Amor (1927), de Sam Taylor; e Limite (1931), de Mário Peixoto, a grande obra-prima do cinema brasileiro.

Ivor Novello como O INquilino, de Alfred Hitchcock (photo by mostra.org)

Ivor Novello como O Inquilino, de Alfred Hitchcock (photo by mostra.org)

Cena com Mary Pickford de Meu Único Amor, de Sam Taylor (photo by mostra.org)

Cena com Mary Pickford de Meu Único Amor, de Sam Taylor (photo by mostra.org)

Cena da obra-prima brasileira Limite, de Mário Peixoto (photo by mostra.org)

Cena da obra-prima brasileira Limite, de Mário Peixoto (photo by mostra.org)

Confira a programação completa da 39ª Mostra Internacional de São Paulo e os locais de exibição em:

www.mostra.org

*** Para quem tem pouco tempo como eu, vale a pena comprar pelo site ou aplicativo ingresso.com , pois por lá é possível comprar com três dias de antecedência à sessão. Bons filmes a todos!

‘Gravidade’ lidera competição acirrada no BAFTA com 11 indicações

BAFTA_MBRAND_SML_NEG4

FICÇÃO CIENTÍFICA QUE VINHA PERDENDO ESPAÇO CRESCE NA HORA CERTA

Depois do predomínio de Trapaça e 12 Anos de Escravidão nas últimas premiações, chegou a vez de Gravidade se destacar, liderando com 11 indicações ao BAFTA. E essa ascensão não poderia vir em melhor hora, afinal, estamos às vésperas das indicações ao Oscar, o que pode influenciar os membros da Academia. Além disso, ao contrário do Globo de Ouro e SAG, o BAFTA possui quase todas as mesmas categorias técnicas do Oscar, servindo como melhor parâmetro.

A ficção científica de Alfonso Cuarón conquistou vaga nas categorias de Fotografia, Montagem, Direção de Arte, Som e Efeitos Visuais, fato que deve se repetir no Oscar. Assim como Titanic, Avatar e O Senhor dos Anéis, o filme apresenta inovações em diversos campos de produção fílmica. Os efeitos vistos na tela foram considerados “infilmáveis” há poucos anos. Ajuda bastante o fato do filme contar com a performance de Sandra Bullock, que traz um toque humano à história do acidente espacial.

Sandra Bullock em cena de Gravidade (photo by www.elfilm.com)

Sandra Bullock em cena de Gravidade (photo by http://www.elfilm.com)

Como previsto, logo atrás de Gravidade, 12 Anos de Escravidão e Trapaça obtiveram 10 indicações cada, e Capitão Phillips com 9, o que já deve assegurar suas vagas entre os indicados a Melhor Filme no Oscar. Outra produção que deu importante passo foi Philomena, de Stephen Frears, ao ser indicado para Filme, Roteiro Adaptado, Atriz (Judi Dench) e, obviamente, Melhor Filme Britânico.

Matt Damon com jeitão de paquito em Behind the Candelabra: indicação ao BAFTA (photo by www.outnow.ch)

Matt Damon com jeitão de paquito em Minha Vida com Liberace: indicação ao BAFTA (photo by http://www.outnow.ch)

Talvez a maior surpresa tenha sido as 5 indicações para o filme feito para a TV Minha Vida com Liberace (Behind the Candelabra), de Steven Soderbergh. Indicado à Palma de Ouro, ao Globo de Ouro, e vencedor do último Emmy, a produção da HBO conseguiu um espaço considerável, principalmente se levarmos em consideração a inclusão de Matt Damon como coadjuvante, pois tira um dos nomes mais fortes da categoria: Jared Leto.

Aliás, o Clube de Compras Dallas perdeu alguns pontos por sua total ausência no BAFTA. Apesar de terem sido indicados ao SAG e Globo de Ouro, a campanha dos atores Matthew McConaughey e Jared Leto pode sofrer turbulências para o prêmio da Academia.

Até poucos anos atrás, eu não dava muito valor ao BAFTA. “Um genérico do Oscar que serve de consolo”, pensava eu. Nada disso. Eu estava fazendo um levantamento das coincidências (sim, eu gasto algumas horas nesse negócio) e os números são impressionantes. Em 2013, de 19 categorias, houve 14 acertos iguais ao Oscar. Já em 2012, houve 13; e em 2011, 10 acertos, ou seja, estão dando uma bela polida nessa bola de cristal britânica.

O Lobo de Wall Street: Será que os velhinhos vão gostar? (photo by www.elfilm.com)

O Lobo de Wall Street: Será que os velhinhos vão gostar? (photo by http://www.elfilm.com)

A Academia Britânica também não se importou com as supostas polêmicas do novo filme de Martin Scorsese, O Lobo de Wall Street. Recebeu 4 indicações: Diretor, Ator (Leonardo DiCaprio), Roteiro Adaptado e Montagem. Mesmo assim, ainda acredito que os velhinhos da Academia (americana) vão encrencar com a “putaria” do filme e tirar tanto Scorsese quanto DiCaprio da jogada.

Bom, por mais justo que o BAFTA procure ser, é inevitável que puxem a sardinha pro lado deles e dêem um pouco mais de preferência aos conterrâneos. Assim, Judi Dench, Emma Thompson e Sally Hawkins podem ter se beneficiado nesse ano tão concorrido.

O BAFTA anunciará seus vencedores no dia 16 de fevereiro. Stephen Fry será o host da noite.

Veja o vídeo do anúncio dos indicados (apresentado pelos atores Helen McCrory e Luke Evans) e confira a lista completa em seguida:


FILME

12 ANOS DE ESCRAVIDÃO Anthony Katagas, Brad Pitt, Dede Gardner, Jeremy Kleiner, Steve McQueen
TRAPAÇA Charles Roven, Richard Suckle, Megan Ellison, Jonathan Gordon
CAPITÃO PHILLIPS Scott Rudin, Dana Brunetti, Michael De Luca
GRAVIDADE Alfonso Cuaron, David Heyman
PHILOMENA Gabrielle Tana, Steve Coogan, Tracey Seaward

DIRETOR
12 ANOS DE ESCRAVIDÃO Steve McQueen
TRAPAÇA David O. Russell
CAPITÃO PHILLIPS Paul Greengrass
GRAVIDADE Alfonso Cuarón
O LOBO DE WALL STREET Martin Scorsese

ROTEIRO ORIGINAL
TRAPAÇA Eric Warren Singer, David O. Russell
BLUE JASMINE Woody Allen
GRAVIDADE Alfonso Cuarón, Jonás Cuarón
INSIDE LLEWYN DAVIS Joel Coen, Ethan Coen
NEBRASKA Bob Nelson

ROTEIRO ADAPTADO
12 ANOS DE ESCRAVIDÃO John Ridley
MINHA VIDA COM LIBERACE Richard LaGravenese
CAPITÃO PHILLIPS Billy Ray
PHILOMENA Steve Coogan, Jeff Pope
O LOBO DE WALL STREET Terence Winter

ATOR
BRUCE DERN Nebraska
CHIWETEL EJIOFOR 12 Anos de Escravidão
CHRISTIAN BALE Trapaça
LEONARDO DICAPRIO O Lobo de Wall Street
TOM HANKS Capitão Phillips

ATRIZ
AMY ADAMS Trapaça
CATE BLANCHETT Blue Jasmine
EMMA THOMPSON Walt nos Bastidores de Mary Poppins
JUDI DENCH Philomena
SANDRA BULLOCK Gravidade

ATOR COADJUVANTE
BARKHAD ABDI Capitão Phillips
BRADLEY COOPER Trapaça
DANIEL BRÜHL Rush: No Limite da Emoção
MATT DAMON Minha Vida com Liberace
MICHAEL FASSBENDER 12 Anos de Escravidão

ATRIZ COADJUVANTE
JENNIFER LAWRENCE Trapaça
JULIA ROBERTS Álbum de Família
LUPITA NYONG’O 12 Anos de Escravidão
OPRAH WINFREY O Mordomo da Casa Branca
SALLY HAWKINS Blue Jasmine

TRILHA MUSICAL ORIGINAL
12 ANOS DE ESCRAVIDÃO Hans Zimmer
A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS John Williams
CAPITÃO PHILLIPS Henry Jackman
GRAVIDADE Steven Price
WALT NOS BASTIDORES DE MARY POPPINS Thomas Newman

FOTOGRAFIA
12 ANOS DE ESCRAVIDÃO Sean Bobbitt
CAPITÃO PHILLIPS Barry Ackroyd
GRAVIDADE Emmanuel Lubezki
INSIDE LLEWYN DAVIS Bruno Delbonnel
NEBRASKA Phedon Papamichael

MONTAGEM
12 ANOS DE ESCRAVIDÃO Joe Walker
CAPITÃO PHILLIPS Christopher Rouse
GRAVIDADE Alfonso Cuarón, Mark Sanger
RUSH: NO LIMITE DA EMOÇÃO Dan Hanley, Mike Hill
O LOBO DE WALL STREET Thelma Schoonmaker

DIREÇÃO DE ARTE
12 ANOS DE ESCRAVIDÃO Adam Stockhausen, Alice Baker
TRAPAÇA Judy Becker, Heather Loeffler
MINHA VIDA COM LIBERACE Howard Cummings
GRAVIDADE Andy Nicholson, Rosie Goodwin, Joanne Woodlard
O GRANDE GATSBY Catherine Martin, Beverley Dunn

FIGURINO
TRAPAÇA Michael Wilkinson
MIDA VIDA COM LIBERACE Ellen Mirojnick
O GRANDE GATSBY Catherine Martin
THE INVISIBLE WOMAN Michael O’Connor
WALT NOS BASTIDORES DE MARY POPPINS Daniel Orlandi

MAQUIAGEM E CABELO
TRAPAÇA Evelyne Noraz, Lori McCoy-Bell
MINHA VIDA COM LIBERACE Kate Biscoe, Marie Larkin
O MORDOMO DA CASA BRANCA Debra Denson, Beverly Jo Pryor, Candace Neal
O GRANDE GATSBY Maurizio Silvi, Kerry Warn
O HOBBIT: A DESOLAÇÃO DE SMAUG Peter Swords King, Richard Taylor, Rick Findlater

SOM
ALL IS LOST Richard Hymns, Steve Boeddeker, Brandon Proctor, Micah Bloomberg, Gillian Arthur
CAPITÃO PHILLIPS Chris Burdon, Mark Taylor, Mike Prestwood Smith, Chris Munro, Oliver Tarney
GRAVIDADE Glenn Freemantle, Skip Lievsay, Christopher Benstead, Niv Adiri, Chris Munro
INSIDE LLEWYN DAVIS Peter F. Kurland, Skip Lievsay, Greg Orloff
RUSH: NO LIMITE DA EMOÇÃO Danny Hambrook, Martin Steyer, Stefan Korte, Markus Stemler, Frank Kruse

EFEITOS VISUAIS
GRAVIDADE Tim Webber, Chris Lawrence, David Shirk, Neil Corbould, Nikki Penny
O HOBBIT: A DESOLAÇÃO DE SMAUG Joe Letteri, Eric Saindon, David Clayton, Eric Reynolds
HOMEM DE FERRO 3 Bryan Grill, Christopher Townsend, Guy Williams, Dan Sudick
CÍRCULO DE FOGO Hal Hickel, John Knoll, Lindy De Quattro, Nigel Sumner
ALÉM DA ESCURIDÃO: STAR TREK Ben Grossmann, Burt Dalton, Patrick Tubach, Roger Guyett

FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA
O ATO DE MATAR Joshua Oppenheimer, Signe Byrge Sorensen
AZUL É A COR MAIS QUENTE Abdellatif Kechiche, Brahim Chioua, Vincent Maraval
A GRANDE BELEZA Paolo Sorrentino, Nicola Giuliano, Francesca Cima
METRO MANILA Sean Ellis, Mathilde Charpentier
O SONHO DE WADJDA Haifaa Al-Mansour, Gerhard Meixner, Roman Paul

DOCUMENTÁRIO
O ATO DE MATAR Joshua Oppenheimer
THE ARMSTRONG LIE Alex Gibney
BLACKFISH: FÚRIA ANIMAL Gabriela Cowperthwaite
TIM’S VERMEER Teller, Penn Jillette, Farley Ziegler
WE STEAL SECRETS: THE STORY OF WIKILEAKS Alex Gibney

ANIMAÇÃO
MEU MALVADO FAVORITO 2 Chris Renaud, Pierre Coffin
FROZEN: UMA AVENTURA CONGELANTE Chris Buck, Jennifer Lee
UNIVERSIDADE MONSTROS Dan Scanlon

FILME BRITÂNICO
GRAVIDADE Alfonso Cuaron, David Heyman, Jonas Cuaron
MANDELA: LONG WALK TO FREEDOM Justin Chadwick, Anant Singh, David M. Thompson, William Nicholson
PHILOMENA Stephen Frears, Gabrielle Tana, Steve Coogan, Tracey Seaward, Jeff Pope
RUSH: NO LIMITE DA EMOÇÃO Ron Howard, Andrew Eaton, Peter Morgan
WALT NOS BASTIDORES DE MARY POPPINS John Lee Hancock, Alison Owen, Ian Collie, Philip Steuer, Kelly Marcel, Sue Smith
THE SELFISH GIANT: Clio Barnard, Tracy O’Riordan

ESTRÉIA DE UM ESCRITOR, DIRETOR OU PRODUTOR BRITÂNICO
COLIN CARBERRY (Roteirista), GLENN PATTERSON (Roteirista) Good Vibrations
KELLY MARCEL (Roteirista) Walt nos Bastidores de Mary Poppins
KIERAN EVANS (Diretor/Roteirista) Kelly + Victor
PAUL WRIGHT (Diretor/Roteirista), POLLY STOKES (Produtor) For Those in Peril
SCOTT GRAHAM (Diretor/Roteirista) Shell

CURTA DE ANIMAÇÃO BRITÂNICO
EVERYTHING I CAN SEE FROM HERE Bjorn-Erik Aschim, Friederike Nicolaus, Sam Taylor
I AM TOM MOODY Ainslie Henderson
SLEEPING WITH THE FISHES James Walker, Sarah Woolner, Yousif Al-Khalifa

CURTA-METRAGEM BRITÂNICO
ISLAND QUEEN Ben Mallaby, Nat Luurtsema
KEEPING UP WITH THE JONESES Megan Rubens, Michael Pearce, Selina Lim
ORBIT EVER AFTER Chee-Lan Chan, Jamie Stone, Len Rowles
ROOM 8 James W. Griffiths, Sophie Venner
SEA VIEW Anna Duffield, Jane Linfoot

%d blogueiros gostam disto: