‘MANK’ LIDERA INDICAÇÕES ao OSCAR 2021. THOMAS VINTERBERG e LAKEITH STANFIELD são as GRANDES SURPRESAS

PELA PRIMEIRA VEZ, DUAS DIRETORAS SÃO INDICADAS EM MESMA EDIÇÃO

O anúncio dos indicados ao Oscar estava previamente agendado para às 10h19, horário de Brasília, mas com a entrada do horário de verão nos EUA, o evento ao vivo foi antecipado para às 9h19. Muitos canais online que queriam cobrir o anúncio em lives também sofreram com essa mudança de última hora. Conforme combinado, o casal Priyanka Chopra e Nick Jonas dividiram essa responsabilidade em duas partes. Ela ficou bastante feliz pela indicação a Melhor Roteiro Original para o filme O Tigre Branco, no qual estrela ao lado de Adarsh Gourav. Poderiam ter caprichado um pouco mais na arte e inserido fotos dos filmes e atores indicados, mas preferiram apenas o texto. Confira o anúncio em vídeo do YouTube abaixo:

NÚMEROS DO OSCAR

Como previsto, Mank foi o filme que mais acumulou indicações nesta 93ª edição do Oscar, com 10. Com 6 indicações cada, seis filmes empataram: MEU PAI, JUDAS E O MESSIAS NEGRO, MINARI, NOMADLAND, O SOM DO SILÊNCIO e OS 7 DE CHICAGO. Todos os filmes acima foram indicados a Melhor Filme ao lado de BELA VINGANÇA que recebeu 5 indicações.

Num ano marcado pela pandemia, a NETFLIX foi a recordista pelo segundo ano consecutivo com 35 indicações. Em 2020, a companhia de streaming havia acumulado 24 indicações.

Esta foi a última vez que a categoria de MELHOR FILME terá número de indicados flexível dependendo do número de votos. Foi combinado que a partir da próxima edição, teremos sempre DEZ filmes indicados a Melhor Filme, como foi em 2010 e 2011. O objetivo é aumentar a visibilidade de mais filmes que tragam maior diversidade ao Oscar (e por que não audiência?). Este ano, tivemos oito indicados, e tivemos ausência de três indicados ao PGA: Borat: Fita de Cinema Seguinte, A Voz Suprema do Blues e Uma Noite em Miami.

HISTÓRICOS

Depois de 93 anos, finalmente temos duas diretoras indicadas na categoria de DIREÇÃO: Emerald Fennell por Bela Vingança e CHLOÉ ZHAO por Nomadland. Elas se tornaram apenas a SEXTA e SÉTIMA mulheres indicadas nesta categoria. Enquanto Zhao se tornou a primeira diretora não-branca indicada e foi a primeira mulher a receber 4 indicações (Filme, Direção, Roteiro Adaptado e Montagem), Fennell foi a terceira mulher a acumular 3 indicações (Filme, Direção e Roteiro Original). Havia a possibilidade de Regina King também integrar essa acirrada competição por Uma Noite em Miami, mas sua possível vaga foi “roubada” pelo dinamarquês THOMAS VINTERBERG por Druk – Mais uma Rodada.

Pela primeira vez, tivemos NOVE ATORES NÃO-BRANCOS indicados nas 4 categorias: Chadwick Boseman, Riz Ahmed (primeiro descendente de Paquistanês indicado), Steven Yeun e Yuh-Jung Youn (primeiros atores sul-coreanos), Andra Day, Viola Davis, Daniel Kaluuya, LaKeith Stanfield e Leslie Odom Jr.

CHADWICK BOSEMAN se tornou apenas o sétimo ator a receber indicação póstuma. O jovem ator, que faleceu em Agosto de 2020 aos 43 anos, junta-se a nomes consagrados como James Dean (Vidas Amargas e Assim Caminha a Humanidade) e os vencedores do Oscar Peter Finch (Rede de Intrigas) e Heath Ledger (Batman – O Cavaleiro das Trevas). Ele é o primeiro ator negro a ser indicado postumamente.

SURPRESAS E AUSÊNCIAS

Talvez a maior surpresa desta edição tenha sido a indicação de LaKeith Stanfield. Se ele fosse indicado para Melhor Ator já seria uma surpresa, mas como foi indicado a Ator Coadjuvante, foi um CHOQUE! Mais uma vez vemos aquela manipulação entre as categorias de atuação, mas de forma mais descarada aqui, afinal, se Stanfield e Kaluuya são Coadjuvantes, quem é o protagonista em Judas e o Messias Negro??

A segunda maior surpresa foi a de Thomas Vinterberg na Melhor Direção. Embora ele tivesse sido recentemente indicado ao BAFTA, poucos previram outra indicação a não ser na categoria de Filme Internacional pela Dinamarca. Havia uma chance mínima também para uma indicação de Melhor Ator para Mads Mikkelsen, mas a disputa estava acirradíssima. Num ano conturbado, com Minari levando vários prêmios de Filme em Língua Estrangeira, mas não podendo concorrer ao Oscar da categoria por ser uma produção americana, e Bacurau excluído por ter competido em 2020, Druk – Mais uma Rodada foi se firmando como favorito.

Ainda sobre a categoria de Filme Internacional, embora imprevisível este ano, podemos considerar surpresas as indicações do filme de Hong Kong, Better Days, e da Tunísia, The Man Who Sold His Skin. Havia uma expectativa de indicações para o filme La Llorona, da Guatemala, Nós Duas, da França, e até A Sun, de Taiwan. Romênia e Tunísia comemoram suas primeiras indicações ao Oscar.

Voltando às categorias de atuação, e GLENN CLOSE? Ela se tornou a terceira pessoa a ter a mesma performance indicada para o Oscar e para o Framboesa de Ouro! Se ganhar o Oscar, torna-se a primeira a conquistar esse feito. E se perder, será sua oitava derrota sem nenhuma vitória. Pra sorte dela, não existe uma franco-favorita na categoria (Yuh-Jung Youn é a mais cotada), então pode ser que ela ganhe, mas será aquela vitória com bastante ressalva por causa do Framboesa. E se perder, será a atriz recordista de indicações sem vitória, igualando o recorde histórico do já falecido Peter O’Toole.

Depois de muita pressão por não terem indicado SONG KANG HO ano passado por Parasita, STEVEN YEUN se torna o primeiro ator sul-coreano indicado ao Oscar por Minari. Quando se fala sobre #OscarsSoWhite, é mais comum discutirmos a ausência de atores negros, então ficamos contentes com a inclusão de dois atores asiáticos numa só edição, já que YUH-JUNG YOUN também foi reconhecida na categoria de Atriz Coadjuvante. Ela tem tudo para representar Minari no palco, pois a disputa entre as atrizes está bastante confusa ainda. Aliás, o SAG que será no próximo dia 04 de Abril, deve esclarecer melhor as reais chances dos atores até o final da temporada.

Com uma boa safra de performances, muitos atores acabaram sendo esnobados, mas felizmente nenhuma dessas ausências pode ser considerada um absurdo ou um ultraje. Melhor Ator: Delroy Lindo (Destacamento Blood) e Tahar Rahim (The Mauritanian); Melhor Atriz: Amy Adams (Era uma Vez um Sonho), Sophia Loren (Rosa e Momo) e Zendaya (Malcolm & Marie); Melhor Ator Coadjuvante: Chadwick Boseman (Destacamento Blood), Alan Kim (Minari), Bill Murray (On the Rocks) e Jared Leto (Os Pequenos Vestígios); Melhor Atriz Coadjuvante: Jodie Foster (The Mauritanian), Helena Zengel (Relatos do Mundo) e Dominique Fishback (Judas e o Messias Negro). Desses acima, gostaríamos de ter visto indicações para Tahar Rahim que está fantástico em The Mauritanian, e para Alan Kim, que conquista o coração de todos em Minari. Já das atuações que foram esnobadas por todos, mas adoraríamos ver aqui é a de Elisabeth Moss em O Homem Invisível, que também merecia indicação pelos efeitos visuais.

Dentre outras boas surpresas, destacamos a dupla indicação do filme romeno COLLECTIVE para DOCUMENTÁRIO e FILME INTERNACIONAL, repetindo o raro feito de Honeyland na última edição, que saiu sem nenhuma estatueta. A categoria de Documentário está bem representada também por AGENTE DUPLO, CRIP CAMP, TIME e PROFESSOR POLVO. Na categoria de Longa de Animação, gostamos da entrada do simpático trabalho de stop motion SHAUN, O CARNEIRO: O FILME – A FAZENDA CONTRA-ATACA, mas esperávamos que ele tomasse o lugar do fraco A CAMINHO DA LUA, para que a sequência Croods 2: Uma Nova Era fosse indicada.

Comemoramos duas ausências que indicam uma queda nas chances de Melhor Filme. A primeira para JACK FINCHER pelo roteiro de MANK. O filme de David Fincher pode ser perfeito em muitos aspectos técnicos, principalmente Fotografia e Som, mas seu roteiro, escrito décadas atrás, não chega a empolgar para um filme de bastidores de Hollywood e de Cidadão Kane. E a segunda seria a de AARON SORKIN na categoria de DIREÇÃO por OS 7 DE CHICAGO. Sorkin ainda precisa comer muito arroz e feijão para se tornar um bom diretor, então ficamos felizes por sua substituição na categoria. Ambas as ausências enfraquecem as campanhas dos filmes para ganhar o Oscar de Melhor Filme, afinal, indicações para direção e roteiro costumam ser essenciais para levar o prêmio principal da noite.

CONFIRA TODOS OS INDICADOS AO 93º ACADEMY AWARDS:

FILME
Meu Pai (The Father)
Judas e o Messias Negro (Judas and the Black Messiah)
Mank (Mank)
Minari (Minari)
Nomadland (Nomadland)
Bela Vingança (Promising Young Woman)
O Som do Silêncio (Sound of Metal)
Os 7 de Chicago (The Trial of the Chicago 7)

DIREÇÃO
* Thomas Vinterberg (Druk – Mais uma Rodada)
* David Fincher (Mank)
* Lee Isaac Chung (Minari)
* Emerald Fennell (Bela Vingança)
Chloé Zhao (Nomadland)

ATOR
*
Riz Ahmed (O Som do Silêncio)
* Chadwick Boseman (A Voz Suprema do Blues)
* Anthony Hopkins (Meu Pai)
* Gary Oldman (Mank)
* Steven Yeun (Minari)

ATRIZ
* Viola Davis (A Voz Suprema do Blues)
* Andra Day (Estados Unidos vs. Billie Holiday)
* Vanessa Kirby (Pieces of a Woman)
* Frances McDormand (Nomadland)
* Carey Mulligan (Bela Vingança)

ATOR COADJUVANTE
* Sacha Baron Cohen
(Os 7 de Chicago)
* Daniel Kaluuya (Judas e o Messias Negro)
* Leslie Odom Jr. (Uma Noite em Miami)
* Paul Raci (O Som do Silêncio)
* LaKeith Stanfield (Judas e o Messias Negro)

ATRIZ COADJUVANTE
* Maria Bakalova
(Borat: Fita de Cinema Seguinte)
* Glenn Close (Era uma Vez um Sonho)
* Olivia Colman (Meu Pai)
* Amanda Seyfried (Mank)
* Yuh-Jung Youn (Minari)

ROTEIRO ORIGINAL
* Judas e o Messias Negro – Will Berson, Shaka King, Keith Lucas, Kenneth Lucas 
Minari – Lee Isaac Chung 
* Bela Vingança – Emerald Fennell
O Som do Silêncio – Abraham Marder, Darius Marder, Derek Cianfrance 
Os 7 de Chicago – Aaron Sorkin

ROTEIRO ADAPTADO
*
Borat: Fita de Cinema Seguinte – Peter Baynham, Sacha Baron Cohen, Jena Friedman, Anthony Hines, Lee Kern, Dan Mazer, Nina Pedrad, Erica Rivinoja, Dan Swimer 
Meu Pai – Christopher Hampton, Florian Zeller
Nomadland – Chloé Zhao
Uma Noite em Miami – Kemp Powers 
O Tigre Branco – Ramin Bahrani

FOTOGRAFIA
Judas e o Messias Negro – Sean Bobbitt
Mank – Erik Messerschmidt
Relatos do Mundo – Dariusz Wolski
Nomadland – Joshua James Richardson
Os 7 de Chicago – Phedon Papamichael

MONTAGEM
Meu Pai – Yorgos Lamprinos
* Nomadland – Chloé Zhao 
* Bela Vingança – Frédéric Thoraval 
* O Som do Silêncio – Mikkel E.G. Nielsen
* Os 7 de Chicago – Alan Baumgarten

DESENHO DE PRODUÇÃO
Meu Pai – Peter Francis, Cathy Featherstone
A Voz Suprema do Blues – Mark Ricker, Karen O’Hara, Diana Stoughton 
Mank – Donald Graham Burt, Jan Pascale
Relatos do Mundo – David Crank, Elizabeth Keenan
* Tenet – Nathan Crowley, Kathy Lucas

FIGURINO
*
Emma. – Alexandra Byrne
A Voz Suprema do Blues – Ann Roth
Mank – Trish Summerville
Mulan – Bina Daigeler
Pinóquio – Massimo Cantini Parrini

MAQUIAGEM E PENTEADO
* Emma. – Marese Langan
* Era uma Vez um Sonho – Eryn Krueger Mekash, Patricia Dehaney, Matthew Mungle 
A Voz Suprema do Blues – Matiki Anoff, Mia Neal, Larry M. Cherry
* Mank – Kimberley Spiteri, Gigi Williams 
* Pinóquio – Dalia Colli, Anna Kieber, Sebastian Lochmann, Stephen Murphy 

TRILHA MUSICAL ORIGINAL
Destacamento Blood – Terence Blanchard
* Mank – Trent Reznor, Atticus Ross
Minari – Emile Mosseri
Relatos do Mundo – James Newton Howard
Soul – Trent Reznor, Atticus Ross, Jon Batiste

CANÇÃO ORIGINAL
* “Fight for You” – JUDAS E O MESSIAS NEGRO
Música por H.E.R. and Dernst Emile II; Letra por H.E.R. e Tiara Thomas
* “Hear my Voice” – OS 7DE CHICAGO
Música por Daniel Pemberton; Letra por Daniel Pemberton e Celeste Waite
* “Husavik” – FESTIVAL EUROVISION DA CANÇÃO: A SAGA DE SIGRIT E LARS
Música e letra por Savan Kotecha, Fat Max Gsus e Rickard Göransson
* “Io Sì (SeEn)” – ROSA E MOMO
Música por Diane Warren; Letra por Diane Warren e Laura Pausini
* “Speak Now” – UMA NOITE EM MIAMI…
Música e letra por Leslie Odom, Jr. e Sam Ashworth

SOM
Greyhound: Na Mira do Inimigo – Odin Benitez, Jason King, Christian P. Minkler, Michael Minkler, Jeff Sawyer
Mank – Ren Klyce, Jeremy Molod, David Parker, Nathan Nance, Drew Kunin 
Relatos do Mundo – John Pritchett, Mike Prestwood Smith, William Miller, Oliver Tarney, Michael Fentum
Soul – Coya Elliott, Ren Klyce, David Parker, Vince Caro
* O Som do Silêncio – Phillip Bladh, Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michelle Couttolenc, Carlos Cortés, Carolina Santana

EFEITOS VISUAIS
* PROBLEMAS MONSTRUOSOS
*
O Céu da Meia-Noite – Matt Kasmir, Chris Lawrence, Dave Watkins, Max Solomon 
Mulan – Sean Faden, Anders Langlands, Seth Maury, Steve Ingram
O Grande Ivan – Nick Davis, Greg Fisher, Ben Jones, Santiago Colomo Martinez 
Tenet – Andrew Jackson, Andrew Lockley, Scott R. Fisher, Mike Chambers 

LONGA DE ANIMAÇÃO
* Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
* A Caminho da Lua
* SHAUN, O CARNEIRO: O FILME – A FAZENDA CONTRA-ATACA
* Soul
* Wolfwalkers

DOCUMENTÁRIO
* Collective
* Crip Camp: REVOLUÇÃO PELA INCLUSÃ
O
* Agente Duplo
* Professor Polvo
* Time

FILME INTERNACIONAL
Druk – Mais uma Rodada – Dinamarca
Better Days – Hong Kong
Collective – Romênia
The Man Who Sold his Skin – Tunísia
Quo Vadis, Aida? – Bósnia e Herzegovina

CURTA-METRAGEM
* Feeling Through
* The Letter Room
* The Present
* Two Distant Strangers
* White Eye

CURTA DE ANIMAÇÃO
* Burrow
* Genius Loci
* Se Algo Acontecer… Te Amo
* Opera
* Yes-People

DOCUMENTÁRIO-CURTA
* Colette
* A Concerto is a Conversation
* Do Not Split
* Hunger Ward
* UMA CANÇÃO PARA Latasha

____________________________________________________________________________________
A 93ª cerimônia do Oscar está marcada para o dia 25 de Abril.

OSCAR 2021: As PREVISÕES da VARIETY

SEGUNDO PREVISÕES, DIVERSIDADE NÃO FALTARÁ ENTRE OS INDICADOS

Em recentes postagens do site americano Variety, o especialista Clayton Davis lançou suas primeiras previsões para a próxima edição do Oscar, que vale lembrar, acontecerá em 25 de Abril, e os filmes lançados até 28 de Fevereiro estarão elegíveis. Portanto, até lá, os estúdios podem remanejar as datas de estréias como aconteceu com o novo filme de Steven Spielberg, a refilmagem de West Side Story, que ficou para 2021 (talvez para abafar a denúncia de abuso sexual do ator Ansel Elgort). Existe ainda risco de algumas produções serem adiadas para 2021 como Mulher-Maravilha 1984.

Na categoria de Filme Internacional, as deduções são ainda maiores, já que a maioria dos países ainda não selecionou seus representantes para o Oscar. Casa de Antiguidades, de João Paulo Miranda Maria, larga na frente porque estava na seleção oficial do Festival de Cannes deste ano, mesmo não havendo o evento fisicamente.

Seguem todas as categorias previstas de autoria de Clayton Davis do número 1 ao número 10 para que você tenha uma noção do que pode vir nesta temporada de premiações. Caso tenha curiosidade de ver os nomes restantes, acesse o site da Variety:
https://variety.com/feature/2021-oscars-predictions-academy-awards-nominations-1234764774/

MELHOR FILME
1. Nomadland
2. Os 7 de Chicago (The Trial of the Chicago 7)
3. One Night in Miami
4. Mank
5. The Father
6. News of the World
7. Ma Rainey’s Black Bottom
8. Destacamento Blood (Da 5 Bloods)
9. Judas e o Messias Negro (Judas and the Black Messiah)
10. Minari

MELHOR DIREÇÃO
1. Chloé Zhao (Nomadland)
2. David Fincher (Mank)
3. Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago)
4. Regina King (One Night in Miami)
5. Florian Zeller (The Father)

6. Paul Greengrass (News of the World)
7. Shaka King (Judas e o Messias Negro)
8. George C. Wolfe (Ma Rainey’s Black Bottom)
9. Spike Lee (Destacamento Blood)
10. Lee Isaac Chung (Minari)

MELHOR ATOR
1. Anthony Hopkins (The Father)
2. Delroy Lindo (Destacamento Blood)
3. Gary Oldman (Mank)
4. Tom Hanks (News of the World)
5. Daniel Kaluuya (Judas e o Messias Negro)

6. Steven Yeun (Minari)
7. Riz Ahmed (Sound of Metal)
8. Dev Patel (The Personal History of David Copperfield)
9. Jesse Plemons (Estou Pensando em Acabar com Tudo)
10. Ben Affleck (The Way Back)

MELHOR ATRIZ
1. Michelle Pfeiffer (French Exit)
2. Vanessa Kirby (Pieces of a Woman)
3. Frances McDormand (Nomadland)
4. Viola Davis (Ma Rainey’s Black Bottom)
5. Jennifer Hudson (Respect)

6. Kate Winslet (Ammonite)
7. Andra Day (The United States vs. Billie Holiday)
8. Carey Mulligan (Promising Young Woman)
9. Sophia Loren (The Life Ahead)
10. Amy Adams (Hillbilly Elegy)

MELHOR ATOR COADJUVANTE
1. David Strathairn (Nomadland)
2. Chadwick Boseman (Ma Rainey’s Black Bottom)
3. Bill Murray (On the Rocks)
4. Leslie Odom Jr. (One Night in Miami)
5. Lakeith Stanfield (Judas e o Messias Negro)

6. Sacha Baron Cohen (Os 7 de Chicago)
7. Frank Langella (Os 7 de Chicago)
8. Mark Rylance (Os 7 de Chicago)
9. Kingsley Ben-Adir (One Night in Miami)
10. Shia LaBeaouf (Pieces of a Woman)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
1. Olivia Colman (The Father)
2. Amanda Seyfried (Mank)
3. Saiorse Ronan (Ammonite)
4. Audra McDonald (Respect)
5. Ellen Burstyn (Pieces of a Woman)

6. Glenn Close (Hillbilly Elegy)
7. Helena Zengel (News of the World)
8. Swankie (Nomadland)
9. Kristin Scott Thomas (Rebecca)
10. Meryl Streep (The Prom)

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
1. Jack Fincher (Mank)
2. Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago)
3. Lee Isaac Chung (Minari)
4. Will Berson, Shaka King, Keith Lucas, Kenny Lucas (Judas e o Messias Negro)
5. Emerald Fennell (Promising Young Woman)

6. Pete Docter, Mike Jones, Kemp Powers (Soul)
7. Eliza Hitman (Never Rarely Sometimes Always)
8. Danny Bilson, Paul De Meo, Kelvin Willmott, Spike Lee (Destacamento Blood)
9. Julia Hart, Jordan Horowitz (I’m Your Woman)
10. Tracey Scott Wilson, Callie Khouri (Respect)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
1. Chloé Zhao (Nomadland)
2. Kemp Powers (One Night in Miami)
3. Christopher Hampton (The Father)
4. Ruben Santiago-Hudson (Ma Rainey’s Black Bottom)
5. Luke Davies, Paul Greengrass (News of the World)

6. Charlie Kaufman (Estou Pensando em Acabar com Tudo)
7. Kelly Reichardt, Jonathan Raymond (First Cow)
8. Ramin Bahrani (The White Tiger)
9. Patrick deWitt (French Exit)
10. Suza-Lori Parks (The United States vs. Billie Holiday)

MELHOR FOTOGRAFIA
1. Joshua James Richards (Nomadland)
2. Erik Messerchmidt (Mank)
3. Darius Wolski (News of the World)
4. Phedon Papamichael (Os 7 de Chicago)
5. Tami Reiker (One Night in Miami)

6. Linus Sandgren (Sem Tempo Para Morrer)
7. Hoyte van Hoytema (Tenet)
8. Newton Thomas Sigel (Destacamento Blood)
9. Sean Bobbitt (Judas e o Messias Negro)
10. Mandy Walker (Mulan)

MELHOR MONTAGEM
1. Alan Baumgarten (Os 7 de Chicago)
2. Kirk Baxter (Mank)
3. William Goldenberg (News of the World)
4. Chloé Zhao (Nomadland)
5. Tariq Anwar (One Night in Miami)

6. Yorgos Lamprinos (Tha Father)
7. Andrew Mondshein (Ma Rainey’s Black Bottom)
8. Kristan Sprague (Judas e o Messias Negro)
9. Adam Gough (Destacamento Blood)
10. Tom Cross, Elliot Graham (Sem Tempo Para Morrer)

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
1. Donald Graham Burt, Jan Pascale (Mank)
2. David Crank, Elizabeth Keenan (News of the World)
3. Cristina Casali, Charlotte Dirickx (The Personal History of David Copperfield)
4. Grant Major, Anne Kuljian (Mulan)
5. Mark Ricker, Karen O’Hara, Diana Stoughton (Ma Rainey’s Black Bottom)

6. Shane Valentino, Andrew Baseman (Os 7 de Chicago)
7. Sarah Finlay, Sophie Hervieu (Ammonite)
8. Page Buckner, Janessa Hitsman (One Night in Miami)
9. Sam Lisenco, Rebecca Brown (Judas e o Messias Negro)
10. Molly Hughes, Merissa Lombardo (Hillbilly Elegy)

MELHOR FIGURINO
1. Suzie Harman, Robert Worley (The Personal History of David Copperfield)
2. Trish Summerville (Mank)
3. Ruth E. Carter (Um Príncipe em Nova York 2)
4. Ann Roth (Ma Rainey’s Black Bottom)
5. Francine Jamison-Tanchuck (One Night in Miami)

6. Alexandra Byrne (Emma)
7. Mark Bridges (News of the World)
8. Michael O’Connor (Ammonite)
9. Bina Daigeler (Mulan)
10. Paco Delgado (Morte no Nilo)

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO
1. Respect
2. Mank
3. Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa
4. Um Príncipe em Nova York
5. Os 7 de Chicago

6. Morte no Nilo
7. Ammonite
8. Mulan
9. News of the World
10. Judas e o Messias Negro

MELHOR TRILHA MUSICAL ORIGINAL
1. Trent Reznor, Atticus Ross (Soul)
2. Trent Reznor, Atticus Ross (Mank)
3. Daniel Pemberton (Os 7 de Chicago)
4. Terence Blanchard (Destacamento Blood)
5. James Newton Howard (News of the World)

6. Kris Bowers (The United States vs. Billie Holiday)
7. Terence Blanchard (One Night in Miami)
8. Volker Bertelmann, Dustin O’Halloran (Ammonite)
9. Steven Price (A Caminho da Lua)
10. Kris Bowers (Respect)

MELHORES EFEITOS VISUAIS
1. Tenet
2. Greyhound: Na Mira do Inimigo
3. Free Guy: Assumindo o Controle
4. Mulan
5. Mulher-Maravilha 1984

6. Morte no Nilo
7. Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa
8. Dolittle
9. O Chamado da Floresta
10. Soul

MELHOR SOM
1. Os 7 de Chicago
2. Tenet
3. News of the World
4. Sound of Metal
5. O Homem Invisível

6. Sem Tempo Para Morrer
7. Destacamento Blood
8. Mulher-Maravilha 1984
9. The United States vs. Billie Holiday
10. Respect

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO
1. Soul
2. A Caminho da Lua (Over the Moon)
3. Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica (Onward)
4. Wolfwalkers
5. Os Croods 2: Uma Nova Era (The Croods: A New Age)

6. Super Conectados (Connected)
7. Lupin III: O Primeiro (Lupin III: The First)
8. Trolls 2 (Trolls: World Tour)
9. A Liga de Monstros (Rumble)
10. Os Irmãos Willoughby (The Willoughbys)

MELHOR FILME INTERNACIONAL
1. Another Round – Dinamarca
2. The Disciple – Índia
3. The Life Ahead – Itália
4. Casa de Antiguidades – Brasil
5. Night of the Kings – Costa do Marfim

%d blogueiros gostam disto: