‘ADORÁVEIS MULHERES, ‘1917’ e ‘PARASITA’ são INDICADOS pelo WGA

Design sem nome (7).jpg

Roteiro Original

REGULAMENTO EXCLUI TARANTINO, MAS REPÕE COM UMA BOA SURPRESA

O Sindicato de Roteiristas anunciou nesta segunda-feira, dia 06, os seus indicados para as três categorias de cinema: Roteiro Original, Roteiro Adaptado e Roteiro de Documentário.

Para quem ainda não está familiarizado, o Writers Guild of America (WGA) é aquele sindicato mais chatinho e inflexível de todos, pois tem uma bíblia de restrições no regulamento. Então, sempre existe uma lista de produções que são desqualificadas da disputa, que este ano incluem: The Farewell, Clemency, Waves, Dor e Glória, Era Uma Vez em… Hollywood e Toy Story 4.

Mas aí você vai perguntar: “Por que excluir todo esse povo?” Bom, até onde sabemos, o sindicato não reconhece roteiros de animações. Pois é, ridículo. É como se o sindicato considerasse animações desenhos animados para crianças e que não precisam de qualquer esforço para escrever. E ele também têm a regra de disputar apenas quem é filiado ao sindicato, ou seja, o roteirista deverá pagar taxas e cumprir uma série de regras. Nesse quesito, sabemos que Quentin Tarantino definitivamente não é um membro do sindicato, MAS mesmo assim, continua sendo indicado ao Oscar, como deve ser este ano também, e isso não o impede de ganhar o prêmio da Academia. Isso acaba desestimulando outros roteiristas a fazerem o mesmo.

Claro, o sindicato procura valorizar sua própria instituição, mas se continuar nesse ritmo, muitas produções vão ficar de fora dessa competição e a tendência é que o o prêmio perca seu peso na temporada. Sei lá, poderiam ceder um pouco e conciliar com os roteiristas que não são membros e, claro, criar uma categoria específica para Animações! Quantos bons roteiros não estão recebendo o devido reconhecimento? Este ano mesmo foi um ano péssimo para a criatividade nas animações com uma série de sequências e remakes. Se houvesse a categoria, e os filmes da Disney e Pixar ficassem de fora, seria um belo puxão de orelha.

Bom, sem mais delongas, os indicados deste ano:

ROTEIRO ORIGINAL

  • 1917, de Sam Mendes e Krysty Wilson-Cairns
  • Fora de Série (Booksmart), de Emily Halpern, Sarah Haskins, Susanna Fogel e Katie Silberman
  • Entre Facas e Segredos (Knives Out), de Rian Johnson
  • História de um Casamento (Marriage Story), de Noah Baumbach
  • Parasita (Parasite), de Bong Joon Ho e Han Jin Won

ROTEIRO ADAPTADO

  • Um Lindo Dia na Vizinhança (A Beautiful Day in the Neighborhood), de Micah Fitzerman-Blue e Noah Harpster – inspirado no artigo “Can You Say… Hero?”, por Tom Junod
  • O Irlandês (The Irishman), de Steven Zaillian – baseado no livro “I Heard You Paint Houses”, de Charles Brandt
  • Jojo Rabbit, de Taika Waititi – baseado no livro “Caging Skies”, de Christine Leunens
  • Coringa (Joker), de Todd Phillips e Scott Silver – baseado nos personagens da DC Comics
  • Adoráveis Mulheres (Little Women), de Greta Gerwig – baseado no romance de Louisa May Alcott

ROTEIRO DE DOCUMENTÁRIO

  • Citizen K, de Alex Gibney
  • Foster, de Mark Jonathan Harris
  • The Inventor: Out for Blood in Silicon Valley, de Alex Gibney
  • Joseph Pulitzer: Voice of the People, de Robert Seidman e Oren Rudavsky
  • The Kingmaker, de Lauren Greenfield

Um dia após faturar dois Globos de Ouro, incluindo de Melhor Filme, 1917 recebe outro importante reconhecimento através de seu roteiro inspirado na vida do avô de Sam Mendes, que foi à Primeira Guerra Mundial. Caso, o roteiro também seja indicado ao Oscar no próximo dia 13, o filme de guerra se torna um franco-favorito para Melhor Filme, já que são bem raros os filmes que ganham sem indicação ao Oscar de roteiro.

Honestamente, acreditávamos que Noah Baumbach levaria o Globo de Ouro de roteiro por História de um Casamento (ainda mais que não foi indicado a Melhor Diretor), mas tanto ele quanto Bong Joon Ho e Han Jin Won (Parasita) devem estar na lista de indicados ao Oscar. As chances também são muito boas para Rian Johnson, que entregou uma comédia deliciosa de mistério com Entre Facas e Segredos (que provavelmente será a única indicação ao Oscar do filme). E temos a ótima surpresa de Fora de Série, uma comédia adolescente que valoriza a amizade enquanto reflete bem a juventude de hoje com suas próprias incertezas. Sua diretora Olivia Wilde não deve ser indicada ao Oscar, mas deve estar na lista do DGA como diretora estreante merecidamente. Dentre os roteiros elegíveis que foram esnobados está o de Anthony McCarten por Dois Papas.

Não sabemos se era elegível (provavelmente sim), mas sentimos falta do roteiro de Jóias Brutas (Uncut Gems) e de Nós (Us).

Design sem nome (8).jpg

Roteiro Adaptado

Na categoria de Roteiro Adaptado, pelas campanhas que fizeram, O Irlandês, Jojo Rabbit e Coringa eram apostas certas. Já Adoráveis Mulheres sofreu para engrenar porque teve um lançamento meio tardio, porém a diretora Greta Gerwig, que também fez a adaptação, vem crescendo na temporada. Considerada o principal nome feminino na Direção, caso a Academia não a indique como diretora, ele deve ser compensada na categoria de Roteiro Adaptado. E o azarão dessa disputa é Um Lindo Dia na Vizinhança, que tem em Tom Hanks sua melhor chance na temporada.

Pela categoria de Roteiro de Documentário, Alex Gibney foi indicado por dois trabalhos distintos, o que é uma honra dupla na hora, mas depois pode ser uma maldição caso os votos se dividam. Vale lembrar que Gibney já ganhou o Oscar de Melhor Documentário por Um Táxi Para a Escuridão em 2008.


A 73ª cerimônia do WGA acontece no dia 1º de Fevereiro.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: